Nosso Twitter! Facebook! Contate-nos por email!

Guilherme Leicam: "Os amigos que eu fiz em Malhação já fizeram tudo valer a pena!"


Malhação está cada vez mais perto da reta final. Nos bastidores, o clima entre o pessoal do elenco já é de despedida. Entre uma gravação e outra, Guilherme Leicam, o Vitor, falou um pouco sobre o que ele achou de interpretar este personagem.

Você já está ficando triste pelo fim de Malhação?
Eu já estou sentindo saudade! Sinto isso tendo entrado na trama há seis meses...Imagina a galera que está há um ano! Eu fui muito bem acolhido, tive uma recepção boa do elenco e da equipe técnica. A saudade é boa porque mostra que valeu a pena. O trabalho está fechando bem, deu certo e está todo mundo realizado.

Como está o clima nas gravações?
Todo mundo está se abraçando o tempo inteiro, fazendo mil promessas para se reencontrar.  Já bate uma nostalgia pensando que é o fim de algo legal que construímos juntos e que fez nascer uma amizade. A gente convive mais uns com os outros do que com a própria família. A gente chega cedo, sai tarde e passa por tudo juntos.

Do que e de quem você vai sentir mais falta?
De todo mundo, mas de quem eu sentirei mais falta é de quem ficou mais próximo a mim. Meu núcleo inteiro, como a Alice (Lia), Ju (Fatinha), Daniel (Gil)... esse pessoal que eu convivi mais por causa do personagem. O resto também vai dar saudade! O Pedro Cassiano (Sal) eu conhecia antes do trabalho e tenho certeza que vou continuar tendo ele como um irmão sempre. Eu vou sentir falta da nossa rotina. Eu me sinto melhor gravando do que em casa, por exemplo.



Você ainda lembra do seu primeiro dia gravando Malhação? Como foi?
A sensação era de muita responsabilidade. O primeiro dia de gravação era a cena com a Alice na minha visita a ela após o atropelamento. Ali, ela trocou ideia comigo e me deixou à vontade. Nesse dia eu estava entusiasmado, feliz, inspirado. Além do trabalho, eu  estava ali para me divertir, porque a gente tem que fazer o que gosta.

Você entrou depois que a temporada já estava rolando. Você ficou nervoso por causa disso?
Eu tinha assistido o início da história, mas depois viajei com uma peça e não consegui mais acompanhar. Como eu não sabia o que estava acontecendo, eu realmente entrei como o Vitor, um cara que desconhecia o que se passava. Acho que foi legal porque não levei nenhum vício ou crítica. Fora que eu fiquei fascinado com o personagem logo de cara.

A reação do público com a sua entrada na Malhação foi melhor do que você esperava?
Já no primeiro dia, o número de seguidores no meu Twitter duplicou. Ali eu senti a proporção do que estava acontecendo. Nas ruas as pessoas também me abordam, falam da Lia, do Sal, mandam eu tomar cuidado com a moto... Hahaha! Eu adoro esse contato, o dia a dia fica mais leve, divertido... Eu sou comunicativo, logo começo uma conversa com todo mundo que vem falar comigo.

Como foi para você se integrar com a galera assim que entrou? Foi fácil?
Já na primeira semana eu levei o violão, a gente fez uma roda de música e já me entrosei com o pessoal. Eu recebi muito apoio de todos, o que foi fundamental para mim.

O que você espera que aconteça com o Vitor até o fim da temporada?
Eu digo que ele é ético e racional, mas nessa semana ele agiu por impulsividade pela primeira vez. Por amor, ele brigou com a Lia e foi pilotar a moto nervoso. Espero que ele se recupere e fique feliz com a Lia, que é a mulher da vida dele. Os sonhos dele são estudar, trabalhar e construir uma família. Espero que consiga porque é um cara do bem!

Qual cena do Vitor você mais gostou de gravar? Tem alguma cena que é sua preferida?
Eu gostei muito de gravar a primeira cena do atropelamento. Não sei se porque era de ação ou porque eu estava muito empolgado. Eu tenho habilitação para pilotar, aí já peguei a moto e saí andando com os toques do diretor.



De quem do elenco você acha que vai continuar sendo mais amigo?
Eu acho que o Daniel Blanco, porque ele é meu vizinho e temos uma ligação muito forte com a música. Temos muito em comum.

O que participar de Malhação significou pra você?
Eu evolui muito em pouco tempo, foi muito intenso. Até para quem já tem uma carreira fala que aprende lá. Estou levando bastante experiência. Quando eu não gravava, eu estava em casa me preparando. Todo o tempo eu estava ligado no personagem.  Além da parte técnica que desenvolvi, os amigos que fiz valeram muito a pena também!

Você já tem planos para depois de Malhação?
Com certeza se eu não estiver em TV vou viajar pelo Brasil com teatro.

0 comentários:



Nome: Central de Notícias Malhação
Url: noticiasmalhacao.com
Versão: #MalhaçãoNews2013 (7.0)
Webmasters: Pablo e Lucas
Design: Lucas M.
Contato: @@
Melhor visualizado: Chrome
Visitantes: online








Afilie-se pela Chat Box.

Blog Archive